quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Sentidos a meias.

Sentidos a meias.

CristinaGS - A Poeira dos Dias

Tinha ficado muito tempo sem a ver. O trabalho intenso afastou-nos por um período mais longo do que se esperava. Levei-a a passear pelo cais, sentei-me com ela no chão e olhámos o rio num entardecer de Setembro que fazia pender fios de cobre do seu olhar luminoso, mostrei-lhe então a fotografia das pérolas que ele um dia me tinha oferecido. Incapaz de reconstruir o colar fotografei apenas o que restava dele. Olhou a fotografia e, nos seus ingénuos cinco anos, disse: "podiam ser carapaças de 'tacaruga' mas acho que são bolas molhadas enterradas na areia com um vermelho à volta que não sei o que é".

C e C

Ps. Uma contribuição a 4 mãos...
Ou o olhar de uma menina pequenina
Obrigado às duas...

Um beijinho especial para a menina que
vê carapaças de tacarugas na foto!

3 comentários:

Girafa cor de rosa disse...

Tão giro!:-) carapaças de tacaruga?! Não está mal visto, não senhor!! Até se consegue visualizar..tanta coisa bonita que tem surgido aqui! Obrigada ao dono do blogue por estas belas partilhas e aos autores dos textos lindos que vão surgindo. Bjs.

vaandando disse...

muito bonito , e cheio de destreza narrativa, gostei muito ... Abraço
__________ José Ribeiro Marto

deep disse...

Muito bonito, Cristina... até consigo imaginar os tons de vermelho e rosa do sol do fim da tarde e sentir a temperatura amena de Setembro... Parabéns!
:)