segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Uma casa na... vinha

Bem, não deve ser bem uma casa mas antes um abrigo para o gado ou alfaias agrícolas.
Está a uns quilómetros de Vila Nova de Foz Côa, na estrada para Celorico da Beira. O telhado acompanha o declive do terreno e há ainda mais vinha à volta que a objectiva (ou o fotógrafo) não conseguiu captar.

4 comentários:

Maria disse...

hum... ponho-me a imaginar: verão encalorado, pausa (do que quer que seja) à sombra das latadas, a mão estendida à procura do odre com aquele vinhozinho do ano anterior...
que bem se está no campo!!
:)

JvT disse...

Ai as saudades do campo... Houve alturas em que senti vontade de sair, pensava que se ficasse o ano inteiro sufocaria... Agora é cada vez maior a vontade de voltar!

Um abraço Maria.

Sandra Rocha disse...

Conheço bem essa vinha, fica na lembrança por ser enorme.

Beijos.

Anónimo disse...

Cheguei pela Cristina.
Cresci entre vinhas , muitas vinhas...
deixo um excerto de uma canção, não cantada.
É provavel o regateio
à tua venda ,
quando a tua dádiva
é uma colher de àgua dada
ao calor da boca por dentro.
in A celebração dos dias
bem-hajam
josé ribeiro marto