quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Moinhos de Maré - Mourisca

Não mexer... tinta ainda fresca, foto tirada há menos de meia hora.
Obrigado.

4 comentários:

Anónimo disse...

Desculpe lá ter-lhe passado a vista por cima e ter nela descansado a alma e o final de um dia complicado, e com a mania de não ler axo k esborratei a pintura ... terá sido uma ao canto do olho?

Este canto existe? As cores as sombras o reflexo dos mastros ... hummmm andamos a fazer montagens?

a moldura a preto é k é tétrica ... não?

Não, para si não é, senão não a colocava, :) esta foi a forma de lhe dizer o k me desagrada, ora não será tudo lindo, né?

boa noite, fique bem.
Sofia

JvT disse...

Olá Sofia,

Este canto existe e é bem perto do local onde passo os meus dias, aqui em Setúbal.

Estou tão habituado à moldura preta que a ponho já sem pensar.. Terei que rever e colocar molduras de cores mais alegres!

Obrigado pela crítica e cuidado com as pinturas do canto do olho... Essas não devem mesmo ser esborratadas!

Um abraço
João

doladodecimadoriodouro disse...

Eu gosto da moldura...
Gostos.

Gosto do preto, do branco e do encarnado, que chamo vermelho, cor de sangue, cor de vida!

A propósito: doladodecimadoriodouro existe, lol!

paula disse...

Também gosto da moldura :-)Impressionante "aguarela"...a beleza das coisas...
beijinho