quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Ubuntu


Há uns anos instalei um servidor Linux. Algum tempo depois instalei também o Linux no computador de casa e depois no portátil, mantendo o Windows instalado numa outra partição. Cada vez que ligava o computador decidia se acedia ao Windows ou ao Linux . Com a falta de espaço no disco rígido tive que fazer uma escolha e foi o Windows quem perdeu!

O Linux existe em várias distribuições e eu comecei por utilizar uma que se chama Redhat. Depois passei a utilizar o Fedora que era uma espécie de continuação do Redhat. Estava tudo bem até que troquei de portátil e, certamente por algum erro meu, todos os programas ficaram mais lentos do que deviam...

Um utilizador experiente procuraria o/os serviços que estavam a consumir recursos desnecessário e desligava-os. Eu, depois de tentar fazer isso sem sucesso, decidi voltar a instalar o sistema operativo. Foi aí que pensei: porque não mudar? Será que nos habituamos a uma marca ou produto e por inércia nem tentamos outro ao mesmo preço?

Descarreguei e instalei a última versão do ubuntu e, até agora, entende-se muito melhor com o portátil que o seu primo Fedora.

Se tiveram paciência de ler tudo isto, desculpem... Não quero convencer ninguém a utilizar Linux... O que queria mesmo dizer é que adoro o logótipo do ubunto!

Ideia simples, como todas as boas ideias, que consegue transmitir muita coisa.
Parabéns ubuntu e... aguenta-te, não quero ter que experimentar outro para já!

1 comentário:

CGS disse...

Continua a� a mostrar-nos caminhos alternativos. Ab�s