quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Telemoveis!

Depois de ter perdido os contactos agora perdi também o aparelho! Claro que estou irritado por causa disso! Tinha-o há mais de dois anos e continuava a gostar dele por ser muito prático e bom! Agora o remédio foi pedir segunda via do cartão para meter num aparelho que o A. já não usa! O número continua o mesmo, mas não se admirem se não os reconhecer logo se me telefonarem ou enviarem uma mensagem!

Foi pois bastante irritado que, à hora almoço, me dirigi ao balcão da Vodafone para cancelar o cartão e pedir uma 2ª via. Tinha à minha frente uma senhora, dos seus 60 anos, que estava a ser atendida enquanto falava ao telemóvel. Quando a menina que a atendia lhe disse "São 5 euros, por favor", faz-lhe um sinal com a mão como significando "Não vê que estou a telefonar!". Como era o cliente seguinte comecei a ser atendido... Procurava eu o número de contribuinte na carteira quando a senhora se vira para a menina, com a nota de 5 euros na mão, dizendo que queria ainda carregar outro telemóvel. A menina pediu educadamente que esperasse um pouco enquanto acabava de me atender, mas a Srª. disse-lhe que eu não me importaria até porque ela era uma senhora e eu um cavalheiro!

Pronto! Saltou-me a tampa! Eu que me tenho por um rapaz pacato, ordeiro e com bom feitio! A Srª. tinha escolhido mal o dia para falsos elogios!

- Por acaso importo! Estou a ser atendido e gostava de o ser até ao fim!
- Pronto, pensei que fosse um cavalheiro educado, já vi que não o é!
- Tem razão neste caso não serei nem cavalheiro nem educado!

Mas que moral tem uma pessoa que está a ser atendida num balcão e responde a um telefonema para vir chamar mal educada a outra? Fala-se na utilização destes aparelhos na escola mas... e no nosso dia-a-dia, em outras situações? Será que podemos interromper tudo o que estamos a fazer, deixando outros à nossa espera, só porque o bicho se lembra de tocar, por tudo e por nada, para depois podermos retomar a nossa vidinha, como se nada fosse, quando a chamada acaba! Talvez fosse por isso que gostava tanto do aparelho que perdi... Tinha um botão verde para atender e outro encarnado para não atender as chamadas sempre que estava ocupado!

Desculpem o mau feitio... Mas, por hoje, histórias com telemóveis já me chegam!

1 comentário:

Girafa cor de rosa disse...

hihihihih:-)! Não há cavalheiro nem educação para ninguém quando os outros nos tratam com falta de civismo..e da própria educação! A sua reacção estava mais que correcta (no meu entender) e se não formos assim...acho que não mudamos a maneira de ser e de estar dos outros...às vezes tb é preciso!! Bjs.