terça-feira, 19 de agosto de 2008

O Paciente Inglês


Tinha dito que levaria os dois para os rever em T-o-M. Não faço sempre tudo o que digo mas neste caso foi um verdadeiro prazer. Seria agora injusto falar de um e não do outro. São diferentes mas igualmente bons. O A. preferiu "A vida é bela". Eu, talvez por não me lembrar tão bem da história, gostei muito de rever o "Paciente inglês". Na minha humilde opinião são ambos obras de arte que ficam na história do cinema. Os dois retractam a mesma guerra, mas também o amor. Embora um esteja disfarçado de comédia, são ambos dramas com histórias de amor pelo meio. A cena que escolhi foi, para mim, uma das mais marcantes do filme e... como quem faz por aqui as escolhas sou eu... Aproveitem o verão e rasguem também a roupa mas.... só se, como ele, a souberem remendar depois!

2 comentários:

vaandando disse...

está bem JV, tenho de rever o filme , ou melhor os filmes !
abraço
JrMarto

deep disse...

Já vi os dois repetidamente - este mais vezes, confesso, porque é, dos dois, o que prefiro.
Remendar dá um pouquito de trabalho!

Abraço