sábado, 17 de novembro de 2007

Conversas

Eu: Afinal qual é a nacionalidade do Santana?
Ele (13 anos): Wikipédia!
Eu: Não conheço esse país!
Ele:Não, procura na wikipédia!
Ela (8 anos): O que é a wikipédia?
Ele: Google.
Eu: A Google já comprou a wikipédia?
Ele: Não, se não sabes o que é a wikipédia procura no Google.


Ps. Afinal o Santana (o Carlos, não o Lopes) é mexicano!

4 comentários:

paula disse...

� t�o engra�ado aquilo que podemos aprender com os mi�dos. A forma pr�tica como hoje em dia, devido �s facilidades tecnol�gicas resolvem as suas quest�es de uma forma t�o inteligente como "desenrrascada". Ainda bem para eles e para n�s tamb�m, que tanto temos afinal para receber. :-)
Abra�o
paula

Sandra Rocha disse...

As crianças é que nos ensinam, embora as enciclopédias online, sejam uma boa ferramenta de conhecimento, ainda não chegam às grandes enciclopédias como a Larouse (já não me lembro se é assim que se escreve, corrije se está mal).
Já tenho saudades das grandes pesquisas que fazia para os trabalhos até o cheiro é fantástico.

JvT disse...

Pois Paula, eles são mesmo a geração que trata as tecnologias por tu!


Sandra, concordo contigo. Se bem que o A. se lembre muito mais da Wikipédia que do "Petit Larousse". Só por curiosidade, tenho na estante uma edição de 1906 com umas gravuras lindas!

Abraços
João

Sandra Rocha disse...

Que inveja primo, eu sou louca por inciclopédias, a minha lá teve que ficar para a minha irmã mas pouco uso dá, infelizmente.

Beijos.