quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Terra

É bom enviar postais em férias, mas...as férias, interrompi-as hoje com carácter de urgência. Pedir os vistos, escrever Luanda no lugar de nascimento. Desde que chegou a indicação do voo nunca mais dormi da mesma forma. Há um atropelo de emoções que toma conta de mim e tenho receio do que eu própria sinto. Mas o medo maior ainda é não ir, falta tão pouco tempo e há tantas coisas que não tenho. De par com esse medo, quase em competição, a certeza desse destino anunciado há muito, a paz de o saber.

Nos momentos de maior lucidez preocupo-me com a missão, o trabalho que lá irei desenvolver. Mas os momentos sem essa lucidez são atravessados pela memória dos elefantes. Eles passam dentro dos meus olhos devagar, como num caminho pela Savana, vão em busca da água.
~CC~

6 comentários:

JvT disse...

Vais ver que tudo corre bem... Não posso ir contigo?

Cristina GS disse...

O reencontro com o passado é sempre angustiante. Mais ainda quando os contornos são frouxos e a memória nos trai. Vai com a força dos dias luminosos e refressa inteira.

Cristina GS disse...

Errata: queria dizer regressa e não refressa

Madalena disse...

Esta é que foi uma boa noticia! Não sei o motivo... pareceu urgente! Espero que nada de grave. Africa mexe comigo.

Boa viagem... até breve,
Madalena.

CCF disse...

Gostava sim que viessem comigo, excepção à Cristina que sei que tem um coração integralmente europeu com paixão pela América Latina! Vamos a Buenos Aires?
MAdalena, se eu for a Angola...as coisas estão um pouquinho complicadas com os vistos,é a 8 de Setembro :)
~CC~

Madalena disse...

Mas vai conseguir resolver tudo... e depois, depois é sentir o sol e as estrelas, o pó e o oxigénio de um outro mundo!:)))

Quero tanto voltar a África!:))

E um dia também irei a Buenos Aires... onde existe a Avenida mais larga do mundo :)

Beijinhos professora :P e amigos :P,
Madalena.